11 de dez de 2009

"Tchapa e Cruz", 1º CD de Linha Dura é lançado pelo Compacto.Rec



Jazz, Bossa Nova, Música Africana, Cultura Popoular matogrossense e a força do movimento Hip Hop. É essa mistura que o lançamento deste mês do Compacto.Rec traz. Linha Dura é um rapper cuiabano, que traz nas suas letras o cotidiano da periferia de Cuiabá, capital de Mato Grosso. Carregado de conteúdo sócio-político, as rimas de Linha são apoiadas em discursos de grandes nomes, como Paulo Freire.

Paulo Fagner da Silva Ávila, nome de batismo de Linha Dura é um rapper cuiabano engajado em movimento social e militante do Movimento Hip-Hop, desde o ano de 1996. A influência familiar traz em sua veia os sons e ritmos da raiz negra, que agora se mescla com tantas outras que recebeu pelo caminho. Além da música, Linha Dura é produtor de eventos como o Festival Consciência Hip Hop, filiado à Abrafin - Associação Brasileira dos Festivais Independentes - LIIBRA - Liga Internacional de Basquete de Rua etapa Mato Grosso, Movimentando Hip Hop e coordenador Estadual da CUFA MT.

CUFA MT

Central Única das Favelas é uma rede de práticas sociais que teve inicio em 1998 e se vascularizou pelo Brasil, estando hoje nos 27 estados brasileiros. Se faz prática nacionalmente a partir do momento em que não existe identidade jurídica que faça da CUFA uma pessoa jurídica, mas várias organizações que vão desde Oscip's, Ong's, Associações, Grupos de Jovens, Grupos Artísticos, Grupo de Mães e afins, que aderem ao movimento social cuja filosofia e missão é atuar para que as pessoas de origem popular sejam elas jovens, homens, mulheres e crianças das favelas brasileiras em sua maioria negras, para que estas possam se empoderar dos seus direitos e deveres na sociedade e conseqüentemente possuir qualidade de vida em suas comunidades.

Em Mato Grosso se configura como um pólo de produção e gestão sócio-cultural, atuando nos mais diversos segmentos da Cultura e Cidadania, tais como a música, a dança, o esporte-arte, teatro e projetos de geração, emprego e renda. A CUFA é uma parcela da sociedade civil organizada, que trabalha de forma conjunta com outros movimentos sociais, sempre dialogando com as esferas públicas e privadas. Recentemente a CUFA inaugurou o Centro Esportivo Cultural, situado no bairro São João Del Rei, na periferia da cidade.

COMPACTO.REC

O Compacto REC é um projeto que teve início em 2007, com o objetivo de lançar singles virtuais em rede, através dos veículos de comunicação integrados ao Circuito Fora do Eixo. A primeira banda lançada foi a Madame Saatan (PA). Na seqüência vieram artistas de todas as regiões do país como as elogiadas Bang Bang Babies (GO) e Filomedusa (AC). Os últimos lançamentos deste ano foram Porcas Borboletas (MG), Boddah Diciro (TO) e Rinoceronte (RS). Com a liberação dos fonogramas para downloads, o projeto alinha uma iniciativa de trocas para remunerar o autor do trabalho em um sistema de economia solidária, pautado na oferta de serviços e produtos integrados ao Circuito Fora do Eixo.

7 de dez de 2009

Circo legal não tem animal! Nota de repúdio.


Vimos através deste manifestar o repúdio à série de apresentações do “Circo Portugal”, que estreou em Patos de Minas, no dia 04 de dezembro. Infelizmente o Circo em questão, ainda faz o medieval uso de animais nos seus espetáculos.
O circo, com animais, carrega em seu conteúdo muita CRUELDADE nos bastidores das lonas que encobrem um complexo de tortura cujo único objetivo é subjugar o animal pelo pavor e dor para que o mesmo responda ao adestramento.
Os animais sofrem privações constantes, são treinados de forma cruel, com chicotadas, choques elétricos, dentes e garras são retirados e, em muitos casos, não são alimentados.A falta de assistência médico-veterinária, as longas distâncias percorridas e as minúsculas jaulas nas quais os animais passam toda a sua vida os causam muito sofrimento.
Os animais são retirados do seu habitat e obrigados, a custa de treinamentos cruéis, a exibir comportamentos que não são naturais da sua espécie.
Para o analista ambiental do Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Anderson Valle, as manifestações culturais devem ser condizentes com valores éticos. "Não há sentido em ver animais serem submetidos a maus-tratos”, afirmou. Além dos treinamentos cruéis, o analista registrou outra questão que preocupa o órgão ambiental – o abandono dos animais depois de velhos ou doentes.
As crueldades são desconhecidas da maioria de nós e de nossas crianças que aprendem, inocentemente e por falta de conscientização e educação significantes, a aplaudir a dor de seres viventes que não têm voz e nem vez na sociedade.
Não participe das crueldades aos animais camufladas aos nossos olhos.
No Brasil, a atividade é proibida em 06 estados e em mais de 50 cidadesNo Brasil, a atividade é proibida em 06 estados e em mais de 50 cidades, tais como Pernambuco e Rio de Janeiro.
Solicitamos também uma reunião entre as Associações e cidadãos indignados, a Excelentíssima Prefeita e o responsável pelo Circo Portugal, para fins de esclarecimento.
Circo legal não tem animal!

O Coletivo Peleja, ASPAA, Coletivo Casulo, Sub - Cena Produções,Arrepio Produções, dentre outros, expressam aqui sua nota de repúdio.


Não freqüente circos que tenham animais.

Circo legal não tem animal!

6 de dez de 2009

Cobertura colaborativa do Festival Macondo Circus

O Macondo Circus, festival de arte independente realizado pelo Macondo Coletivo em Santa Maria (RS), reune música, artes visuais e teatro num contexto de integração com o cotidiano da cidade. Em sua sexta edição, o Macondo Circus 2009 ocupa vários espaços de 02 a 05 de dezembro.

Segue alguns vídeos feitos pela galera:

1 - Móveis - Entrevista + Uma faixa ao vivo



2 - Frank Jorge - Entrevista no Macondo Lugar



3 - Subtropicais - Show



4 - Macaco Bong - Show



5 - Rinoceronte - Show

23 de nov de 2009

I Sarau Cultural

Quer cultura, arte e bom gosto na sua noite em Patos de Minas?

O Coletivo Peleja, com o objetivo de mobilizar ações que fomentem o espaço para a arte e a cultura alternativa na cidade, realiza o primeiro SARAU CULTURAL, em parceria com o Restaurante Alecrim em Patos de Minas.
O Sarau Cultural será regado de muita arte e bom gosto, e surge como uma alternativa à grade de entretenimentos da noite Patense. O evento contará com diversos atrativos como: música ao vivo, com diversos músicos da cidade, recital de poesias, mostra de artes plásticas, vídeo instalação, exposição de moda alternativa e é claro, a boa culinária oferecida pelo Restaurante Alecrim.

O Sarau Cultural acontecerá no dia 27 de novembro (Sexta), a partir das 21 horas no Restaurante Alecrim ( Rua General Osório 156 - Centro).





O Coletivo Peleja e o Restaurante Alecrim, convidam a todos que apreciam uma boa programação cultural para uma noite de diversas trocas artísticas e poéticas.

17 de nov de 2009

Dentro do programa “Arbom-Livre” o Peleja desenvolveu mais um projeto sócio-ambiental...



“Aquele que limpa sem sujar: Sabão Peleja.”

Estudos sobre problemas ambientais provam de maneira bastante clara que a falha não está só na falta de informação ou no desconhecimento dos problemas, mas na sensação de distância da ação individual e coletiva.
Podemos individualmente tomar várias medidas para mitigar os nossos impactos sócio-ambientais, uma delas é pensar no destino do óleo de cozinha.
Se o óleo for despejado na pia polui a água de tal forma que depois fica muito difícil o tratamento, cerca de uma gota de óleo tem a capacidade de comprometer 10.000 litros de água.

Muita coisa que consideramos lixo, na verdade, é um potencial latente de tornar-se outra coisa, o óleo é um exemplo disto, depois de fritar sua batata frita ele ainda é uma ótima matéria prima para fazermos sabão!
Dentro desta premissa a Associação Peleja – Criação Cultural tornou-se um ponto de coleta de óleo de cozinha. A partir de agora junte seu óleo numa garrafa peti de 2 litros e traga para nossa sede (Rua Teófilo Otoni, 109 – Centro), você sairá de lá com alguns sabões numa mão e uma atitude de cidadania na outra.

Mais informações: 34 4103 0057/9166 2193 (Maíra)

2°Observatório Fora do Eixo - Conferência Livre de Comunicação para Cultura



A procura de estabelecer um núcleo de pesquisa que apresente e estude estas novas tecnologias sociais, o Circuito Fora do Eixo inaugurou no início de agosto o projeto Observatório Fora do Eixo, tendo todos os debates permeados pelo âmbito da Ecosol - Economia Solidária. Desta vez, abre as portas para uma das frentes que tem se desenvolvido ao longo do ano - A Comunicação.

A proposta central continua focada em estimular a difusão, análise e sistematização do conhecimentos produzidos neste período, através de seminários e debates virtuais. O objetivo é nitido, promover a troca de conhecimento, experiências - e claro, tecnologias -, ação típica deste movimento.

Assim como a sua primeira edição, a plataforma que receberá o projeto será o Portal Fora do Eixo - o conector virtual de todos os 50 pontos coletivos integrados a rede. Todas as palestras serão transmitidas via Web Rádio Fora do Eixo, enquanto as dúvidas e sugestões serão enviadas via Freenode (plataforma de bate-papo), na sala do Observatório.

O Observatório acontecerá de 16 a 20 de novembro, no formato de Conferência Livre de Comunicação para a Cultura, que privilegia ainda os temas relacionados a CONFECOM - Conferência Nacinal de Comunicação e estimula debates que fomentam questões da Comunicação Social. Para tanto, foram convidados especialistas nesta área, divididos entre os eixos "Movimentos da Comunicação Social", "Rádios e Tv's Comunitárias", "Laboratórios de Comunicação Universitária", "Portais e redes de movimentos livres", finalizando com "Software Livre", tema que atualmente são amplamente discutido pelos participantes da rede, desde o 2º Congresso Fora do Eixo, no fim de setembro, em Rio Branco, Acre.

Metodologia - Nos cinco dias em que acontecem, as atividades se iniciam às 20:00 (horário de Brasília), e cada um deles é dividido em dois momentos: os Grupos de Discussão (GDs) e Grupos de Trabalho (GTs). Cada dia será mediado por um agente do Circuito, além de contar com uma palestra do convidado. Os cinco grupos de trabalho são Redação, Audiovisual, Web Rádio, Agência e Fora do Eixo Card (no mesmo dia) e finalizando Fora do Eixo Discos e Sonorização. Os dois últimos grupos serão abordados pela perspectiva de trabalho do núcleo de Assessoria de Comunicação do Circuito.

11 de nov de 2009

# Primeiro Ep da banda Rinoceronte é lançado pelo projeto Compacto.REC #

Após lançamentos de bandas renomadas do cenário independente nacional, como o Porcas Borboletas, no qual foram registrados mais de 3.000 downloads, o Compacto.REC deste mês disponibiliza na íntegra o primeiro registro físico da banda gaúcha Rinoceronte, que atua com o Coletivo Macondo, de Santa Maria.

Banda Rinoceronte - Lançamento deste mês do Compacto

Fomentar produções que apresentem uma qualidade estética superior, e que não estejam necessariamente ligadas aos grandes centros políticos: a concepção do Circuito Fora do Eixo encontra um dos seus maiores expoentes na banda Rinoceronte, de Santa Maria, cidade gaúcha de apenas 270 mil pessoas, mas que se encontra em posição estratégica, no centro do estado.

A banda, que investe numa sonoridade que vai na contramão dos moldes do já estabelecido ''rock gaúcho'' - que geralmente privilegia referências oitentistas e brit-pop - se coloca num espaço que fica entre o rock setentista e o stoner rock contemporâneo, influência comprovada até mesmo na presença de palco dos integrantes da banda.

MACONDO COLETIVO
Além dos palcos, a banda integra as ações do Macondo Coletivo, coletivo integrado ao Circuito Fora do Eixo e que atua desde 2004 na produção cultural independente, agregando transversalidade das artes, através de ações que englobam os campos da música, teatro, artes plásticas, cinema, entre outros. Juntamente com as atividades, o coletivo também desenvolve o Festival Macondo Circus e espaços como a Sala Dobradiça, espaço expositivo potencialmente flexível que visa a difusão de propostas visuais de artistas novos, tanto do Brasil quanto do exterior.
O Macondo Coletivo integra o Circuito Fora do Eixo, que é uma rede de trabalhos concebida por produtores culturais das regiões centro-oeste, norte e sul no final de 2005. Começou com uma parceria entre produtores das cidades de Cuiabá (MT), Rio Branco (AC), Uberlândia (MG) e Londrina (PR), que queriam estimular a circulação de bandas, o intercâmbio de tecnologia de produção e o escoamento de produtos nesta rota desde então batizada de Circuito Fora do Eixo.

COMPACTO REC
O Compacto REC é um projeto que teve início em 2007, com o objetivo de lançar singles virtuais em rede, através dos veículos de comunicação integrados ao Circuito Fora do Eixo. A primeira banda lançada foi a Madame Saatan (PA). Na seqüência vieram artistas de todas as regiões do país como as elogiadas Bang Bang Babies (GO) e Filomedusa (AC). Os últimos lançamentos deste ano foram Porcas Borboletas (MG) e Boddah Diciro (TO). Com a liberação dos fonogramas para downloads, o projeto alinha uma iniciativa de trocas para remunerar o autor do trabalho em um sistema de economia solidária, pautado na oferta de serviços e produtos integrados ao Circuito Fora do Eixo.

SOBRE O CD
O primeiro lançamento da banda mostra amadurecimento em termos de qualidade técnica e estética. O garage/stoner da banda consegue aliar momentos de peso que soam quase heavy metal, como em "Anda no Ar", com passagens que imprimem uma abordagem mais pop ao estilo, como nos vocais de "Chaves e Segredos". Fechando ainda o disco, há toda a energia rocker de "O Choque", que cumpre o prometido pela banda. Um ponto importante a ser destacado na produção do CD é o conceito visual da capa, elaborado pelo coletivo de dsigners Bicicleta Sem Freio, cujo trabalho pode ser visualizado no clipe da música "My Favorite Way", da banda Black Drawing Chalks (GO), videoclipe que concorreu na edição de 2009 do VMB nas categorias Aposta MTV, Rock Alternativo e Videoclipe do Ano. A banda, que está na Coletânea Fora do Eixo 2009, terá o seu EP primeiramente disponível apenas para download, e será distribuído nacionalmente pela Fora do Eixo Discos.

Acesse e baixe o EP Rinoceronte: http://compactorec.foradoeixo.org.br

4 de nov de 2009

Conservatório Municipal abre vagas!



O “Conservatório Municipal Galdina Corrêa da Costa”, de Patos de Minas, abrirá vagas para novatos!

As inscrições ocorrem no próprio Conservatório nos dias 09 e 10 de novembro de 2009, nos horários de 07:30 às 11h e 13h às 20h.

Informações: (34) 3822 – 9668

21 de out de 2009

Grupo Quá!

Um dos objetivos do Festival Marreco e do Coletivo Peleja é gerar ações que tenha perspectivas de continuidade, regularidade e sustentabilidade. Através da Oficina "Laboratório de Criação e Improvisação em Música", ministrada por Dani Magalhães(bacharelando em regência pela UFMG e ex militante da cultura patense), que desde a primeira edição do Festival, o grupo que vem acompanahndo e participando desta oficina resolveu não parar por aí, e fundaram o então chamado "Grupo Quá", para dar continuidade no trabalho iniciado no Festival.

O grupo Quá trabalha a criação musical sem distinção de estilos, ou aperfeiçoamentos técnicos relacionados à improvisação simplesmente. Mas, sobretudo ao tratamento da música como linguagem, sua difusão em, e através de um grupo, e as possibilidades que daí partem para o desenvolvimento da percepção musical; da criação espontânea; e/ou da escuta em suas múltiplas nuances que seja.

O grupo encontra - se semanalmente, às terças feiras, 19:30h, no Espaço Peleja, e abre espaço para quem quiser participar.

O quê: Grupo de improvisação musical Quá!
Onde: Espaço Peleja, R. Teófilo Otoni, 109 - Centro - Patos de Minas MG (esq. com r. Juca Mandu).
Dia: Terças Feiras às 19:30h.
Quanto: De graça - 0800 - free.
Info: 34 9228 8017

*Grupo Quá!

20 de out de 2009

O que é o Peleja?

Coletivo Peleja
Patos de Minas/MG


A Associação Peleja – Criação Cultural é formada por um grupo de artistas, de ambientalistas e sociólogos de Patos de Minas, divididos em setores específicos, que atuam na área cultural e sócio-ambiental, promovendo desde 2008, ações dentro do âmbito das artes integradas, com dedicação e seriedade na produção e execução de seus trabalhos. O Peleja é vinculado ao movimento nacional "Circuito Fora do Eixo", rede de trabalhos que estimula a circulação de bandas, o intercâmbio de tecnologia de produção e o escoamento de produtos.


Principais ações:
Festival Marreco de Cultura Independente

O Festival Marreco tem como proposta oferecer oportunidade aos artistas locais, e aos músicos do circuito independente, para exporem seus trabalhos autorais dentro de um espaço que proporciona a conexão de profissionais de várias áreas em diversas linguagens da cultura.

As diferentes programações e estímulos culturais desenvolvem e contribuem para a formação do público e para educação cultural da sociedade de Patos de Minas e região.

O Festival Marreco oferece oficinas e palestras, com o intuito de atingir metas de aproximação da arte com o cotidiano da sociedade, e desta maneira o Festival leva até as escolas da rede de ensino municipal e estadual um trabalho de troca entre educação e cultura.

A ação educativa que se estende às escolas e ao público em geral, tem o intuito de proporcionar conteúdo crítico e estético, levando informações de diversas linguagens artísticas que contemplem o universo das crianças, adolescentes e adultos.


Programa Arbom-Livre
O "Arbom-Livre" é um programa que simboliza o início de ações sócio-ambientais e educativas dentro dos projetos realizados pelo Coletivo Peleja. O “Arbom-livre” tem como referência o projeto conhecido mundialmente como “Carbom-free”, que objetiva contabilizar e compensar as emissões do GEE (gases efeito estufa – CO2, Metano, etc...)
No Festival Marreco, em 2008, contabilizou a emissão de aproximadamente 5,8 toneladas de CO2. A compensação ocorreu por meio do plantio de 40 mudas em área de nascentes. O momento do plantio envolve a comunidade e proporciona espaço de reflexão sobre o indivíduo como ator na realidade em crise que o cerca.


Coletivo de Moda
O Coletivo de Moda do Peleja, ainda em processo de estruturação, está sendo criado para fortalecer uma manifestação nova de estilistas e marcas independentes, com o intuito de agregar aos outros coletivos já existentes para uma maior difusão das atuais criações. A moda, querendo ou não, transforma e influencia a vida contemporânea. Além de vestir, abrigar, resolver, enfeitar, expressar, esconder, seduzir, significar...



















Equipe:
Ciro Nunes: Coordenação/Comunicação
Vane Pimentel: Produção
Mara Porto: Gestão Cultural
Alan Girardeli: Produção musical
Maíra Ferrari: Gestão Ambiental
Eduardo de Deus: Sonorização
Adriano Correa: Audiovisual
Gabriela Guimarães: Produção de Moda
Yara Papala: Produção de Moda

Links e Contatos:

http://www.coletivopeleja.blogspot.com/ (blog)
www.youtube.com/user/TVPeleja (WEBTV Peleja)
www.coletivopeleja@gmail.com
ciroflauta@gmail.com
(34) 9228 – 8017

R. Teófilo Otoni,109 Centro 38700-056 Patos de Minas - MG

1 de out de 2009

Cobertura Festival Marreco 2009

A TVPeleja trás a cobertura completa de todo Festival Marreco, confiram!

Dia 20 (shows, intervenções, feira cultural)
Local: Parque Municipal do Mocambo




Dia 14 a 19 (oficinas e debates)
Local: Unipam


2 de set de 2009

Programação festival Marreco 2009



"Todas as atividades do festival são gratuitas"!


SHOWS:

Local: Parque Municipal do Mocambo

21h - O Lendário chucrobillyman (Curitiba)
"ONE MAN BAND"
www.myspace.com/chucrobillyman

20h - Vandaluz (Patos de Minas)
www.myspace.com/bandavandaluz

19h - Zé Trindade (BH)
http://www.zetrindade.com/

18h - Os Relpis (Araraquara)
www.myspace.com/osrelpis

17h - Dissidente (Uberlândia)
www.myspace.com/bandadissidente

16h - Viagem a Falo (Patos de Minas)
www.myspace.com/viagemafalo

14h - Erbert Richard (Patos de Minas)
www.myspace.com/erbertrichard

13h - Ana - Hu (Patos de Minas)
www.myspace.com/anahu2008

Substituição na grade de bandas do Festival Marreco 2009

A banda Paralaxe de Belo Horizonte, avisou de última hora que não poderá participar do evento no dia 20 de setembro por motivos maiores. Portanto foi escalada a banda Ana-hu, que ficou em terceiro lugar na seletiva.
Todas as oficinas acontecerão no anfiteatro do UNIPAM

Inscrições no local

*Fazendo e Refazendo o teatro “iniciação teatral".


“ Que a razão seja causada pela emoção na mesma proporção que experimentar-se torne-se um pulsar em favor da vida.”
... que o ato seja pelo ato.
Nesta perspectiva é que a oficina inventando e reinventado o teatro vem apresentar uma proposta de reintegração do teatro na sociedade resgatando a nossa história, refletindo nossas ações, buscando um ideal único através da interpretação, reflexão, fantasia, o lúdico a magia o canto e seus encantos. E que possamos em um único ato nos encontrar em simples ato de FAZER TEATRO.

.Dia: 14,15 e 16 (segunda a quarta)
.Horário:Das 18h ás 20h
.Duração: 6hs
.Vagas: 30
.Ministrante: Miltinho
_______________________________________________________

*Laboratório de Criação e Improvisação em Música.

Com uma abordagem muito prática, essa oficina tratará da criação musical sem distinção de estilos, ou aperfeiçoamentos técnicos relacionados à improvisação simplesmente. Mas, sobretudo ao tratamento da música como linguagem, sua difusão em e através de um grupo, e as possibilidades que daí partem para o desenvolvimento da percepção musical; da criação espontânea; e/ou da escuta em suas múltiplas nuances que seja.

Carga horária: 9h
Pré-requisitos: tocar algum instrumento e/ou cantar.

.Dia: 14 15,16 e 17 de Setembro (segunda a quinta)
.Horário: 20h ás 22h
.Vagas: 20 vagas
.Ministrante: Dani Magalhães (bach. regência UFMG)


___________________________________________________

*Uma nova consciência e novos caminhos num diálogo filosófico.

"Na era da informação e novas tecnologias, a ruptura de paradígmas e as mudanças climáticas determinam nossa realidade. Qual espaço de nossa autonomia, de nossa individualidade sob a influência dessa nova ordem? Qual o limite atual entre a ciência clássica e outras formas de conhecimento?”

Dia:17/09 (quinta)
Horário: 18h
Duração: 2h
Ministrante: Eduardo Moe (Sociólogo)

___________________________________________________

*Educação sócio-ambiental como instrumento de trabalho.


A oficina se constitui numa oportunidade de real exercício de interdisciplinaridade em torno a uma questão que afeta a todos: a dimensão sócio-ambiental, e que, de uma forma ou de outra, toca a todas as profissões que deveriam se sensibilizar para discutir sua participação na construção de uma solução coletiva. Através dos encontros os participantes poderão construir caminhos de inserção de projetos sócio-ambientais em suas atividades culturais.

.Dia: 18/09 (sexta)
.Horário: 18h ás 20h
.Duração: 2 horas
.Vagas: Ilimitadas
.Ministrante: MAIRA FERRARI (especialista em gestão e educação ambiental)

_______________________________________________________

Palestra: “A música como linguagem: com um breve panorama da canção brasileira e da criação melódica na música de hoje”.

.Dia: 18/09 (sexta)
.Horário: 21h
.Duração: 1h
.Vagas: Ilimitada
.Ministrante: Dani Magalhães (bach. regência UFMG)
_______________________________________________________

*Produção musical independente.

Estamos vivenciando um momento de grande relevância na Produção Cultural do país, aonde a mercantilização dos produtos culturais vem cada vez mais diminuindo e a produção cultural independente pautada nas diferentes formas de trocas e circulação na cadeia produtiva da musica é uma realidade em constante crescente. Pensar musica independente é pensar em formas de produção, divulgação, circulação e principalmente a ocupação de espaços e recursos públicos.

Dia: dia 19/09/2009 (sábado).
Horário: 09h às 12h horas e 14h às 17h horas.
Vagas: 40.
Carga Horária: 6 horas.

Ministrantes:
Alessandro Brito Carvalho & Gabriel Caixeta Magalhães - Núcleo de Produção independente Valvulado (((cultura amplificada)))
www.valvulado.org

E ainda:



Festa do Marreco
Dia 19 (sábado) às 22h no "Na Terra"



Haverá espaço para divulgação de trabalhos independentes através da feira, a ser realizada no dia 20(domingo). Interessados entrar em contato no email: maraporto@gmail.com
------------------------------------------------------------------------------

23 de ago de 2009

TVPeleja #1 - Seletiva Festival Marreco 2009

Programa de estréia da TVPeleja realizando a cobertura da seletiva do Festival Marreco em Patos de Minas, no dia 16/08/09.

17 de ago de 2009

Resultado Seletiva Marreco 2009

As três bandas que irão tocar no Festival Marreco 2009 são:

Viagem a Falo(Patos de Minas)
www.myspace.com/viagemafalo

Erbert Ricard (Patos de Minas)
www.myspace.com/erbertrichard

E pela seletiva nacional:

Paralaxe (BH)
www.myspace.com/paralaxe

Breve a cobertura completa da seletiva

4 de ago de 2009

Conheça as bandas da seletiva!

3Amperes









Banda de Presidente Olegário, interior de MG formada em 2006 por três amigos que queriam uma banda punk com letras fortes e inteligentes. Através da musica o 3 Amperes tenta despertar na comunidade o desejo pela justiça e a igualdade social.
O 3 Amperes lançou seu CD demo em outubro de 2008 na cidade de Patos de Minas – MG, com letras que falam da manipulação midiática, capitalismo, corrupção política e policial.

para ouvir: www.myspace.com/3amperes



Ana – Hu


A banda é uma mistura de coragem, simplicidade, intensidade, vontade, somada a um som pesado, com letras que passem coisas boas. Por gostar do mesmo som resolvemos montar uma banda, uma banda de Rock!!!!

para ouvir: www.myspace.com/anahu2008



Erbert Richard

A liberdade de ser nós mesmos nos encanta. A música nessa história não é um fim, mas sim um meio... uma tela em branco onde é impressa nossos sentimentos, nossas impressões pequenas de nossas vidas. Erbert Richard são pequenos acordes, coisa leve, pra voar fácil... nada de complicação.
Nasceu há 6 meses como um projeto de estúdio e aos poucos foi ganhando cara de banda... Cada mineirinho roqueiro entrando furtivo, mas de mala e cuia... Começou com Eduardo Moe (guitarra e voz) e Alan Dellay (baixo), depois vieram Timas (órgão), Adrian (guitarra) e Aldus (bateria). Gente que não acredita em mágica mas nas possibilidades fantásticas que um bom trabalho pode trazer pra nossas vidas. Gostamos de tocar, mexer o esqueleto e curtir junto da galera!... that’s rock mama!!

para ouvir: www.myspace.com/erbertrichard



Fôlego

Banda reformada em meados de 2006 na linha HARDCORE.

O HARDCORE é uma das armas que temos usado no combate a tirania e imposição dos sistemas estabelecidos, como agentes cooperadores para uma sociedade mais ética.
Compreendemos o HARDCORE não só como música, mas como um ideal de vida, buscando, através das nossas temáticas, o resgate de princípios e valores que foram adulterados, sutilmente, ao longo da história de uma humanidade recheada de“porquês”, vazia e “sem fôlego”.

para ouvir: www.myspace.com/folegohc



Navegaantes



Em janeiro de 2009 Igor Melo e Pedro Morikawa se encontravam para tocar violão na praça, só por diversão. Até que um dia Isa Melo se juntou a eles para fazer covers, e a partir daí foram surgindo idéias, e começaram a criar música.Então decidiram montar uma banda com mais dois amigos Isabela Bulkool e André Fajarda. Em fevereiro estava formada a Navegaantes.Em 05 de junho de 2009 a banda Navegaantes fez sua estréia em Patrocínio, num espaço de lazer chamado "Vertical", e no dia 06/06 em Patos de Minas no evento Compilação Independente.

para ouvir: www.myspace.com/navegaantes



Viagem a Falo

Banda de estilo ácido, Hard Rock. Com performances fortes e riffs intensos. Surgiu em 2009, com a imersão na idéia de fazerem um som cru e visceral. A banda é formada por: Marquim, Lucão, Small, Pedrim e Moisés.

para ouvir: www.myspace.com/viagemafalo

Banda Hot Spot Blues Band em Patos de Minas!


Hot Spot Blues Band, considerada pelos jornais “Estado de Minas”(MG) e "O Dia" (RJ), uma das melhores bandas de blues de Minas Gerais. O álbum de estréia da banda, intitulado “Feeling Alright”, foi lançado em 2008 pelo selo “Blues Time Records". No CD a Hot Spot mostra todo seu groove em versões modernas para clássicos do blues-soul.
A banda aproveita o entrosamento de quase 20 anos de estrada (foi formado em 1990) para desfilar competência em seu CD de estréia, recheado de convidados, como Big Joe Manfra (guitarra) e Jefferson Gonçalves (gaita), Robson Fernandes (gaita), e Leandro Ferrari (gaita), o CD mostra que os rapazes não são mesmo amadores. Baixo e guitarra de peso, vocais precisos e arranjos que colocam um excelente tempero brasileiro aos clássicos de mestres como Willie Dixon e Bill Withers, que ficariam orgulhosos com as interpretações do trio mineiro. "Feeling Alright" acaba sendo uma grata surpresa de fora do eixo Rio/São Paulo.

O show acontece nesta quarta, dia 05 de agosto, no Teatro Municipal Leão de Formosa, em Patos de Minas, às 21h, e conta com a participação especial do guitarrista francês Rico Molina.
Não percam!

3 de ago de 2009

Resultado das inscrições da Seletiva do Festival Marreco

Confiram abaixo o resultado da etapa regional.
O resultado da prévia nacional será divulgado no dia 16 de agosto de 2009, domingo, no dia da seletiva regional em Patos de Minas.

(click e veja o resultado)

1 de ago de 2009

Primeiro Vídeo Clip da Banda Vandaluz "Lucidez"

Depois de um árduo trabalho de 4 meses de filmagens, finalmente o primeiro vídeo clip da banda Vandaluz está concluido. A produção ficou por conta da Paniça Filmes, com direção de Ciro Nunes.A música escolhida foi Lucidez, do álbum Ascende, lançado em abril de 2008, " a música Lucidez além de ser uma forte crítica, expressa bem o som, um pouco da proposta musical de Vandaluz" diz Vane Pimentel.

"Foi muito divertido filmar o clip, passamos por momentos de tensão, mas no fim sempre nos divertíamos muito. O mais importante é que contamos com a presença de vários amigos, nos ajudando na produção, fotografando, filmando e atuando, sem eles nada disso aconteceria." (Ciro Nunes)

Confiram então o Vídeo Clip "Lucidez" da Banda Vandaluz.


28 de jul de 2009

Vídeo Clip "Lucidez" Banda Vandaluz

Dia 30 de julho, as 20:30 acontecerá no Teatro Leão de Formosa,em Patos de Minas, o show de lançamento do vídeo clipe da música Lucidez, da banda Vandaluz.
A banda vem se tornando referência dentro dos festivais espalhados pelo Brasil, enaltecendo o nome da cidade artisticamente, já que em todas apresentações são destaque em originalidade.
Um dos pontos altos da banda é a inquietação com a inalterabilidade artística, focando em questões novas, pertinentes e contagiantes na música, apostando nas apresentações, que é o momento de maior expressão do grupo, abordando temas como política, religião e comportamento.

Confiram o trailer do clip Lucidez!

*Alan Delay

Festival Escambo 2009

É isso aí, o Coletivo Peleja acaba de retornar do Festival Escambo em Sabará, promovido pelo coletivo Forceps, nos dias 23 a 26 de julho.Foram dias muito intensos. A programação contava com diversos shows e também com a oficina de WebTv ministrada pelo Coletivo Peleja. Confira á cobertura feita pelos oficineiros e pela Paniça Filmes!

25 de mai de 2009

Festival Marreco de Cultura Independente 2009 abre inscrições.



INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ DIA 01 DE AGOSTO DE 2009


O Festival Marreco abre inscrições via e-mail para complementação de sua grade de shows. Serão duas vagas para Bandas do Alto Paranaíba - MG e uma vaga aberta á bandas do circuito nacional. O processo seletivo é válido para bandas ou artistas que trabalhem com música autoral.

1- Bandas do circuito nacional:
Será escolhida uma banda para participar do Festival Marreco 2009.

2- Bandas do Alto Paranaíba:
Haverá uma pré-seleção para apresentação dos seis melhores trabalhos visando escolher os dois vencedores que apresentarão no Festival Marreco 2009.


Material necessário:


2 músicas em formato de MP3
1 release
3 fotos
1 mapa de palco
Link do site, Myspace ou PalcoMP3
Link de vídeo ( não é obrigatório)

O material deverá ser enviado até dia 18/07/2009, pelo endereço: festivalmarreco@yahoo.com.br

O resultado dos melhores trabalhos será divulgado no blog: www.coletivopeleja.blogspot.com

5 de abr de 2009

Pele do Asfalto no Conexão Vivo. Música com mais poesia.

A Turnê Pele do Asfalto que acontece em Uberlândia, Montes Claros, Campinas e Belo Horizonte, foi idealizada por Danislau Também da banda Porcas Borboletas. O projeto reúne artistas do “mundo independente” com trabalhos que se destacam por sua forte ênfase à palavra. Além de Danislau, a empreitada conta com nomes de peso, como Lirinha (Cordel do Fogo Encantado), Vane Pimentel (escritor mineiro, de Patos de Minas, vocalista da banda Vandaluz) e Chacal, um dos poetas mais importantes da literatura brasileira contemporânea.

Com apresentações em teatros, de poemas e monólogo em prosa poética por Danislau, Chacal e Lirinha apresentando um espetáculo dirigido por ele e pela atriz Leandra Leal, o projeto mistura também, declamações de poemas nos palcos dos shows musicais em praça pública por Danislau e Vane Pimentel. Essas intervenções acontecem nos intervalos entre as bandas, evitando a dispersão do público.
A turnê Pele do Asfalto oferece também a oficina, interface entre “Literatura e Música na Cena Contemporânea Brasileira”. A oficina é um debate entre os interessados nas artes da palavra, com Danislau, Enzo e Moita da banda Porcas Borboletas e Vane Pimentel.

A ousadia deste projeto inédito que abre um espaço maior para a literatura, enriquece muito o Conexão Vivo 2009 nos quesitos emoção e qualidade, mostrando que o casamento do som com a palavra é um relacionamento de vida eterna que à medida que o tempo passa, a cada dia mais, melhora os seus afetos. Assim, a turnê que deu pele ao asfalto põe a literatura e a música na melhor conexão deixando a música com mais poesia !

Para informações e inscrições acesse: http://www.conexaovivo.com.br

Assista o vídeo da etapa Vivo de Uberlândia
Por Paniça Filmes

31 de mar de 2009

Cinema e Música no Teatro Leão de Formosa


Rubinho Gabba, vocalista do Gabba e do U2 One Cover traz novamente a Patos de Minas seu mais novo projeto, o “Movie Show”, um show de música ligada ao cinema, que traz na trilha canções como “Iris” (Cidade dos Anjos), “Stop Crying Your Heart” (Efeito Borboleta),”, dentre outras trilhas de cenas de clássicos do cinema como “Pulp Fiction”, “Forrest Gump”, “Closer”, ”Missão Impossível”, “Beleza Americana”.
Como não poderia deixar de ser, o Movie Show alude a algumas das mais lembradas canções de algumas de algumas das cenas mais marcantes do cinema.

É importante lembrar que o Movie Show não tem a pretensão de sintetizar o universo das trilhas sonoras, nem de definir qualquer grau de importância tanto para os filmes quanto para suas trilhas dentro da história do cinema. O show tem apenas a intenção de lembrar um pouco dessa imensa obra músico-cinematográfica e celebrar a forte ligação entre um bom filme e a boa música, mostrando que em grande parte dos casos, bastam alguns acordes de uma música pra se lembrar de uma cena ou de toda a estória de um filme ou personagem!

A trupe:

Rubinho Gabba: Voz e Guitarra
Nilo Fonseca (Vandaluz): Guitarra
Lúcio Nunes (U2 One Cover): Baixo
Ciro Nunes(Vandaluz): bateria e flauta

2ª Edição Movie Show
Data: 04/04/09 (sábado)
Horário: 21h
Local: Teatro Leão de Formosa – Patos de Minas - MG.

Informações e ingressos:
(34) 8866-6687 (marcos faria)

25 de mar de 2009

Parangolé vem “Emcantar” em Patos de Minas!


Há 12 anos desenvolvendo projetos de formação continuada em educação pela arte e educação socioambiental, reinventando formas de brincar e as tradições da cultura popular, o grupo artístico EMCANTAR materializa agora toda a sua experimentação musical e poética sobre a infância com a concepção do kit Parangolé - Canções e Brincadeiras.



Parangolé - Espetáculo Musical - tem direção artística de Deferson Melo e apresenta uma nova releitura das canções e brincadeiras que aparecem no kit Parangolé (canções, filme e livro), mesclando as linguagens cênica e musical. No palco, treze artistas, ou "brincantes", mostram novas interpretações para as brincadeiras musicadas e para as cantigas de roda de domínio público.

O espetáculo é um convite a olhar de uma forma poética para a infância, que não é simplesmente uma fase da vida, mas um estado de espírito em que predominam a brincadeira e o jeito divertido de desvelar o mundo, de fazer arte sendo artista ou arteiro... e, dessa maneira, crianças, jovens e adultos podem se reconhecer nas inusitadas situações presentes num espetáculo cheio de cores, tons e imagens da infância. Além do espetáculo musical foi produzido um média metragem, de 50 minutos, lançado em março de 2009 pela ONG EMCANTAR.

O espetáculo já passou por: Araguari (MG), Uberaba (MG), Uberlândia (MG) e agora faz pouso em Patos de Minas (MG). Não deixe de participar!

Parangolé – O Filme
Data: 27/03 Sexta 19h30 e 21h
Local: Teatro Leão de Formosa*

Parangolé – Espetáculo Musical
Data: 28 e 29/03 20h
Local: Teatro Leão de Formosa**

* Entrada: 1kg de alimento não perecível
** Retire seu ingresso gratuitamente no teatro
e leve 1kg de alimento não perecível no dia do show

Mais informações: http://www.emcantar.org/

24 de mar de 2009

Finalmente Vagas


Depois de 2 anos sem abrir vagas o “Conservatório Municipal Galdina Corrêa da Costa”, de Patos de Minas abrirá vagas. A novidade veio com a nomeação do novo diretor Ivanir Rosa, que chega com vontade de dar novos ares a escola.

As inscrições ocorrem no próprio conservatório nos dias 26 e 27 de março, nos horários de 8h às 11h e 13h às 18h.

Informações: (34) 3822 – 9668

22 de mar de 2009

Subcena Produções organiza "Tramoia"

Mais um evento da Subcena Produções!




SUBCENA é uma promotoria de eventos sócios - culturais - extensão do COLETIVO CASULO e do CCRB - Centro Cultural Rui Barbosa - entidade sem fins lucrativos, fundada em 1954 com objetivo de divulgar a cultura em Patos de Minas, além de debater questões políticas - sociais.

O Centro Cultural Rui Barbosa teve sua significante participação na fundação da Escola Estadual Zama Maciel e UNIPAM - Centro Universitário de Patos de Minas. Caminhamos, atualmente, em parceria com a ASPAA - Associação de Proteção Animal e Ambiental. A ASPAA é uma entidade em Patos de Minas, que tem como objetivo, primordial, cooperar apoiando o amparo e consciências animal e a ambiental.

1 de mar de 2009

Arbom – livre

Você é livre? Consegue escolher o ar que respira?



O Festival Marreco foi responsável pela iniciativa inédita em Patos de Minas ao implantar o programa “Arbom – livre” no evento.
O “Arbom – livre” baseou-se no programa conhecido mundialmente como “carbon-free”, que objetiva contabilizar e compensar as emissões do GEE (gases efeito estufa - CO2, Metano, etc), minimizando os impactos produzidos direta ou indiretamente, individuais ou coletivos por pessoas, domicílios, empresas, eventos (no caso aqui o Festival Marreco) por meio do plantio de árvores nativas em áreas de nascentes e margens de cursos de água.
No Marreco contabilizou-se a emissão de aproximadamente 5,8 toneladas de CO2, para isso, levaram-se em conta as aproximadamente 700 pessoas que compareceram e trabalharam no evento. No cálculo foi considerado o consumo de eletricidade, gás, combustível, materiais de divulgação e a produção de lixo em toneladas.

A compensação por meio do plantio de 40 mudas na área de nascente do sítio veredas, Km 380 da BR 365, proprietário Sebastião Marques;
O mais importante da iniciativa é promover a sensibilização, a mobilização e a conseqüente conscientização da sociedade diante da problemática ambiental que tem suas causas nos hábitos e valores contemporâneos do ser humano.


*foto 1 (área do plantio)



*foto 2 (muda plantada)